contato@turismoouropreto.com (31) 98735.0363

Por que Ouro Oreto se tornou Patrimônio Cultural da Humanidade

Muitas pessoas não sabem, mas, para que um local seja considerado como patrimônio mundial da humanidade pela UNESCO, é necessário que se comprove o seu valor histórico, natural e/ou ambiental, de forma que se reconheça pela preservação de sua excepcionalidade, originalidade e naturalidade.

Em nosso país, o Centro histórico de Ouro Preto foi a primeira cidade do Brasil a receber o título de patrimônio cultural da humanidade. Concedido em 1980, o título levou em conta, sobretudo o conjunto da cidade e sua importância histórica para o nosso país.

No século XVIII, Ouro Preto (que, à época, ainda se chamava Vila Rica) era a capital do estado de Minas Gerais e, posteriormente, recebeu de Dom Pedro I o título de “Cidade Imperial”. Durante o Ciclo do Ouro, a população da cidade aumentou em proporções inimagináveis, tendo em vista a migração de exploradores e seus familiares, escravos e toda a estrutura necessária ao trabalho.

Riquíssima em cultura e história, o valor da cidade não para por aí.

Palco da Inconfidência Mineira, Ouro Preto é objeto de estudo nacional e mundial, devido aos grandes nomes e lutas que protagonizaram tal Revolta. A cidade preservou sua antiga prisão, que foi transformada no Museu da Inconfidência.

O conjunto arquitetônico do Centro Histórico de Ouro Preto também merece destaque. Com mais de vinte igrejas históricas construídas no século XVIII, as mais famosas têm alguma colaboração do mestre Aleijadinho, seja no altar, no teto ou na fachada. Os elementos das artes no estilo barroca e rococó também se fazem presentes e se tornaram objeto de admiração, observação e estudo para os amantes, professores e alunos de Arte de todo o mundo.

Nesse ponto, é importante destacar que a produção de arte do artista Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, é considerada mundialmente como a maior produção de arte barroca do Brasil.

Após a mudança da capital do estado de Minas Gerais para a cidade de Belo Horizonte, o que ocorreu em 1897, Ouro Preto perdeu parte do seu comércio e da sua renda. No entanto, a cidade manteve preservado por muito tempo o seu patrimônio material.

É interessante frisar que, na cidade, após a implantação das universidades, inclusive Universidade Federal de Ouro Preto, houve um crescimento desordenado, uma urbanização exagerada, com muitas construções e reformas fora das condições e normas previstas pela UNESCO.

Em virtude de tal fato, no ano de 2003, a cidade inclusive correu o risco de perder o título de Patrimônio Histórico da Humanidade, em razão da degradação da arte barroca, principalmente em decorrência do incêndio que destruiu o casarão do século XVIII localizado na Praça Tiradentes.

Após muita luta da sociedade, sobretudo através de ONG’s que trabalharam para corrigir tal problema, houve grande esforço governamental para amenizar os riscos da perda do título pela cidade.

Através da criação de uma Secretaria Municipal cujo objetivo é a preservação do patrimônio histórico, bem como com a edição do plano diretor e da lei de ocupação do solo em esfera municipal, foi possível manter a preservação e a titularidade concedida pela UNESCO.

Sem qualquer sombra de dúvida, o título de Patrimônio Cultural da Humanidade consagrou a merecida importância de Ouro Preto, possibilitou maiores investimentos públicos e privados na cidade e ajudou a manter a preservação de sua originalidade, sobretudo dos imóveis antigos que perseveram sem grandes reformas.

Além do importantíssimo patrimônio material, o patrimônio imaterial da cidade de Ouro Preto também contribuiu para a concessão do título de Patrimônio Cultural da Humanidade. O fato de ter sido o local onde viveram grandes nomes como Tiradentes e Aleijadinho já seria o suficiente para que a importância da cidade fosse elevada. Com o Ciclo do Ouro e a Inconfidência Mineira, sua notabilidade fica ainda maior no Brasil e no mundo.

Em fim, Ouro Preto é destino obrigatório para quem se interessa ou estuda Arte, História, qualquer curso ligado a Cultura, Arquitetura e Biologia. O que se vê ali é realmente valioso e único! É o que atesta o prêmio recebido pela cidade!

Fale com nossos representantes e agende já a sua estadia!

Sobre o autor

Deixe uma resposta

*